Diário de um Magro: IMPERDÍVEL

Há muito tempo eu li um livro muito legal chamado O Diário de um Magro, do Mario Prata, um cara magro, que fuma, bebe e come de tudo. Ele foi ao spa para escrever um livro que agora não me lembro se era sobre spa e assuntos relacionados, como comida, saúde e dieta, mas o que importa é que ele acabou se envolvendo com o universo dos gordinhos. O resultado disso foi um livro delicioso e leve, ou seja, tudo que a gente precisa. Uma das histórias era de um gordinho rico que fugia do spa e se empanturrava em galeterias. Depois que ele saiu de lá, o local recebeu a visita de um helicóptero, que jogou bombons Sonho de Valsa para o povo de dieta. Mario Prata acha que foi o gordinho da galeteria que fez a travessura. Outra coisa que ele conta é que uma noite viu um prato de macarrão passar por debaixo da porta do quarto. Quando chegou perto viu que era um prato recortado da revista Gula.

Hoje descobri que existe o Diário de um Magro 2 – a volta ao spa. Olhem que divertida a sinopse:

Spa vicia. Quem vai, quer mais – como afirma Mario Prata, um magro de carteirinha. Sete anos depois da publicação de Diário de um magro, ele volta ao batente da malhação para saber o que mudou e o que não mudou num spa. O resultado não poderia ser mais divertido. Em Diário de um Magro 2, a volta ao spa você ficará sabendo de tudo que alguém é capaz de fazer para conquistar o prato alheio.

No spa todo mundo é igual. Não importa se o sujeito é político, artista ou funcionário público. É uma democracia calórica. Neste pequeno paraíso, o que importa é perder peso e ganhar outros quilos – de bem estar, alegria, juventude. Um lugar onde todo mundo ri o tempo todo. Não se sabe ainda se é sintoma de crise de abstinência, ou se é a descoberta que viver é muito bom – ainda que a comida seja pouca.

Com seu texto ágil e aguçado senso de humor, Mario Prata constrói um saboroso repertório para nossas pequenas privações e reúne uma seleção impagável de histórias sobre gordinhos e gordinhas, de todos os estilos e centimetragem, que cometem as maiores loucuras pelo simples prazer de comer.

Tem gente capaz de subornar alguém em troca de um pedaço de pizza. Outros comercializam fotos proibidas por uma folha de rúcula, há quem invente missa só para comer hóstia. Não há limite para o desejo. Vale tudo para conseguir algo diferente para comer – seja uma jabuticaba, um chiclete, ou um punhado de orégano.

Magro assumido, de prestígio alto e peso baixíssimo, Mario já contabiliza 49 idas ao spa. Basta o stress bater, que sai em busca de purificação. Especialista no assunto, ele radiografa o mundo em que gordinhos e gordinhas se encontram – e com todos se solidariza em histórias ternas e engraçadas.

Preciso deste livro djá!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s