Alface Entrevista #1

O blog hoje estreia uma seção nova, a “Alface Entrevista” e o primeiro convidado é Daniel Neira, meu colega de Vigilantes do Peso.

Quando entrei no Vigilantes, Daniel já estava lá com seu sotaque castelhano e acompanhado da filha Daniela, que também faz o programa. Lembro que na primeira reunião que fui ele queria saber o que fazer com um churrasco que teria no interior, daqueles que duram o final de semana inteiro, com muita carne e muita cerveja. A orientação foi para que ele guardasse todos os pontos flex da semana para aquele dia. Daniel enfrentou esse churrasco, um buffet alemão na serra e outros eventos gastronômicos muito bem, tanto que já emagreceu mais de 20 quilos. Me lembro que quando começou a perder peso não queria comprar roupa, então só ia apertando o cinto e colocando mais buracos para a calça não cair. Além disso, tinha uma calça que gostava muito, mas não servia há muito tempo. Um dos seus objetivos era entrar na dita cuja. Hoje a calça está grande e ele comprou novos modelitos (ainda bem porque estava tudo muuuitoooo grande). Como é cozinheiro, Daniel tem planos de escrever um livro de receitas com pouca gordura, afinal teve que reformular toda a sua alimentação.

Para matar a curiosidade antes da entrevista, abaixo estão as fotos do antes e depois do Daniel.

Alface: Por que você escolheu fazer o programa do Vigilantes do Peso e quando começou?
Daniel: Fui por curiosidade. Minha filha marcou a visita inicial dia 19 de março e eu a acompanhei. Gostei porque não era proibido comer nada, mas sim se aprendia a comer direito.

A: Qual era seu peso quando entrou, como está agora e qual a sua meta?
D: Entrei com 113,2 kg, estou com 88,8 kg e minha meta é 80 kg. Ufa, que esforço!

A. Qual foi a maior dificuldade no início?
D: A maior foi a falta de doces. Aliás, ainda tenho crises de abstinência, mas supero com determinação, frutas e boa administração dos pontos. Isso me permite comer algum doce uma vez ou outra.

A: Seus hábitos alimentares mudaram. O que mais mudou na sua vida?
D: Meus hábitos mudaram radicalmente, sobretudo nas quantidades. Perdi o costume de comer por gula. Posso até ir a uma churrascaria e comer somente para saciar minha fome, sem me deixar seduzir por uma “lasquinha a mais”. Minha vida mudou em muito, me sinto mais disposto, já que não transporto tanto peso. Gosto do que vejo no espelho, da maneira que minha esposa me olha, da expressão de surpresa de amigos que não me vêem a tempo. Enfim, tudo muda para melhor e só não ter que transportar aquele botijão de gás na frente vale o “sacrifício”.

A: Tem alguma dica para quem quer emagrecer?
D: Não tem nada que eu possa dizer que não seja plagiar nossa coordenadora dos Vigilantes do Peso, a Ana Cristina (aliá,s um anjo nas nossas vidas). Muitas comidas podem ser adaptadas ao “melhor comer” ou ao “comer saudavelmente”. Por exemplo: quando fizer panquecas, diminua as calorias colocando um ovo e uma clara ao invés de dois ovos. Se comer arroz e salada de tomate lhe cansa, faça com os mesmos ingredientes e um pouco de maionese light tomates recheados, que tem um sabor diferente. Assim, com pequenas mudanças é possível fazer uma reeducação alimentar e comer muito melhor que antes .

Anúncios

4 pensamentos sobre “Alface Entrevista #1

  1. PARABÉNS RAQUEL PELA INICIATIVA DA ENTREVISTA COM O DANIEL!! MUITO LEGAL, ADOREI! E PARABÉNS AO DANIEL TAMBÉM, UM EXEMPLO DE DETERMINAÇÃO PARA TODOS NÓS!! BJSSSS

  2. Parabéns ao Daniel pelo sucesso alcançado, imagino que na profissão dele deve ter sido bem difícil resistir às tentações e continuar focado na sua meta.É sempre enriquecedor ouvir pessoas assim como ele que perseveraram ,conseguem hoje gostar do que enxergam ao se olhar,mais saudáveis e felizes .É nisso que a gente precisa pensar quando dá aquela vontade de comer bobagens,coisas que só vão nos dar um certo prazer por curto tempo…precisamos de coisas que nos dêem “prazer” não só de imediato mas sim que nos alimentem também a alma.Hoje páro e penso à cada tentação ,assim consigo avaliar bem se vale à pena me deixar levar pela ansiedade que vai me dar um certo prejuízo que igual vou ter de correr atrás para recuperar depois …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s