Vai dormir, gordinha!

O assunto da última reunião de Vigilantes foi o que podemos fazer para não sucumbir à fome emocional, mais conhecida como a gordinha que mora dentro de mim. Aliás, na semana passada ela abriu a guarda para mil folhas (as melhores do mundo ficam a poucas quadras da minha casa), um coquetel com espumantes e salgadinhos (poxa, era Dia da Mulher, né?!) e à minha galeteria preferida. Tudo isso aconteceu de quarta à domingo e me trouxe um quilo a mais, mesmo caminhando direitinho. Na hora do paredão da balança não me preocupei muito, mas foi só sair da reunião para colocar a domesticação da gordinha interior (já disse que não existe ex-gordo, mas sim gordo emagrecido?) em prática.

Dizem minhas colegas do grupo que a fome emocional é como a fissura para o drogado: tem que se distrair por 30 minutos que passa. Então meu tema de casa para essa semana é controlar a gordinha por 30 minutos. No sábado e domingo, que são os piores dias, comi churrasco e pizza e bebi espumante, mas gastei só 10 pontos extras, bem menos do que consumia no final de semana. Dessa vez comi de tudo um pouco, bem controlado, e a gordinha não se manifestou. Ontem à noite ela pediu dois quadradinhos de chocolate, mas começou o Big Brother e o bicho se aquietou.

Agora mesmo a gordinha tá chamando, mas vou publicar este post que ela vai embora.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Vai dormir, gordinha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s