Ritmo lento, mas no caminho certo

Ontem fechou uma semana de pessoa bem comportada e fui encarar a balança. Melhorei a postura e ela me deu 2 cm a mais, o que achei lindo. Mas só apresentou 400 gramas a menos, o que não achei muito bonito. Esperava 1 quilo a menos, mas tudo bem, o importante é ter diminuído. Pensando que agora a proposta é diferente: comer menos e melhor, mas sem contar pontos e sem stress, foi um bom resultado. Na semana passada andei pouco de bicicleta, só meus passeios diários até o super, que fica a 5 ou 6 quadras de casa e fiz meu querido pilates. Mas nessa semana comecei a mil, andando de bike pelo parque. Só não fui hoje de manhã porque estava chovendo. Mas agora abriu um sol e se continuar seco no final da tarde dou minha volta no parque.

bike

Resolvi não contar pontos para não correr o risco de enjoar e parar de contar, como já aconteceu várias vezes. Comer melhor e em menos quantidade é a ordem. De tudo um pouco e com muito tererê, assim eu vou.

Dieta de fome

Minha enteada, a Nathália, tem 13 anos e está fazendo dieta com uma nutricionista. Ela está passando as férias lá em casa e ontem encontrei o cardápio na porta da geladeira. Fiquei morrendo de pena da menina. A dieta dela é muito light para uma adolescente e que está em início de sobrepeso, ou seja, não é gorda, é fofinha grau 1 no máximo. Tudo bem que foi feita por uma nutricionista e eu sou leiga no assunto, mas achei muito fraquinha e sem nada de bom para comer (como viver sem um Creamy Light, sem uma Trakinas Mini?). O lanche da tarde tem duas edições: uma com uma banana e uma fatia de mamão (nada da liberdade dos ProPontos) e a outra com um pacotinho de Club Social. Eu troquei o Club Social por uma bolachinha similar da Nestlé que é integral e tem menos gordura, mas não como muito porque não me sacia. Se não sacia uma mulher de 38 anos, imagina uma menina de 13 com o metabolismo a mil. O único açúcar da dieta é uma colher de sobremesa de mel no café da manhã. O resultado desse menu de spa é que a Nathália outro dia foi ao Zaffari comprar Nutella, que ela devorou quase toda no mesmo dia, mas deixando as bordas do pote preenchidas para fazer de conta que não comeu (sou gordinha e conheço todas as táticas!). Eu não compro nem Nutella e nem doce de leite porque não levo o demônio para dentro de casa, ainda mais se o bicho se come de colher. Nutella só em Paris e doce de leite só em mini saquinhos.

Sabe qual vai ser o resultado da dieta da enteada? Nathália vai emagrecer (se parar de comer Nutella), chegar ao peso e largar a dieta, engordando tudo de novo. Se ela morasse lá em casa, e não em Horizontinha, levava comigo nas reuniões do Vigilantes. Comeríamos Trakinhas Mini juntas. E nada de Nutella, o demônio marrom.