Saudades do McDonalds

Faz 7 meses que não como nada do McDonalds. Prometi que nunca mais comeria, mas estou com muitas saudades do Ronald e sua turma. Com essa história de novo cardápio, saladinha, menos sódio e menos açúcar, resolvi procurar a tabela de valores nutricionais no site do Mc e fiz os cálculos de pontos. Calculei só o que me interessava:

Big Mac, seu lindo: 11 pontos (o problema são as 26g de gordura)

Chicken Classic Grill (a opção de sanduíche maiorzinha com menos pontos): 7 pontos

Cheeseburguer: 6 pontos

Hamburguer: 5 pontos

Premium Salad: 2 pontos. Para quem achava que as saladas do Mc eram ponto zero, essa é a menos pontuada.

Depois dessas contas, resolvi baixar a guarda e ir ao McDonalds comer um Chicken Classic Grill com Premium Salad. Me aguarda, Ronald, que estou chegando!

Anúncios

Novidades do reino das alfaces

Andei um pouco sumida, mas sigo firme no eu processo de emagrecimento. Estou com 10 quilos e 400 gramas a menos e continuo caminhando. Andei patinando nas últimas semanas e como emagreci meio quilo na úlima pesagem, para seguir nesse ritmo sai em busca de novidades alimentícias. Olhem só os belisquetes de poucos pontos que encontrei:

Granola crocante salgada

Ando meio enjoada de barra de cereal e já notei que no meio da manhã tenho vontade de comer algo salgado, mas não achava nada além daquela bolachinha Equilibrium. Na saída da última reunião fui a uma lojinha de produtos integrais e encontrei granola crocante salgada sabor tomate com manjericão de 1 ponto. O negócio é ótemo, parece até salgadinho. E o melhor: saciou minha fome entre café da manhã e almoço. Encontrei a caixinha com 3 barras no Zaffari da Anita Garibaldi (no da Ipiranga não encontrei) por pouco mais de 3 reais. Ah, tem sabor peito de peru com requeijão, mas não achei tão boa quanto a de tomate.

Mumuzinho

Amo doce de leite, mas não posso comprar o pote, mesmo que seja light, porque a cada passada pela cozinha pego uma colher do doce. Como diz a Ana, minha orientadora de VP, não leve o demônio para dentro de casa. E não é que encontrei o demônio em doses homeopáticas de 1 ponto! Ele é o Mumuzinho, o famoso saquinho de Mu-mu que devorava quando era criança. E o melhor: no saco não vem muitos saquinhos, acho que uns 6 ou 7 (não é como na foto, lotado de mumuzinhos). Só tem no Nacional e deve ter no BIG. No Zaffari não tem.

Biscoito integral salgado

Seguindo minha busca por coisas salgadas encontrei esse biscoito integral sabor cream cheese e cebolinha. A marca é do Walmart e encontrei no Nacional. Custa uns 2 reais o pacotinho e cada 9 biscoitos (são pequenos) tem 3 pontos. A pontuação é meio alta, mas é uma boa opção para variar o cardápio de belisquetes. Ontem peguei 3 bolachinhas para provar e fechei o pacote. É bem bom, tem gosto de salgadinho, mas tem fibra, o que já é um bom negócio.

Achocolatado Gold

Usava o achocolatado Gold quando fiz minha primeira dieta séria, com nutricionista (long, long time a go) e nunca mais me lembrei dele. Outro dia a @manugripol me falou pelo Twitter que uma colher de sopa de Gold tinha 15 calorias. No meu sábado de compras encontrei o caro (no sentido $ da palavra) Gold e não me arrependo, o achocolatado é muito bom! Além disso, uma colher de sopa é mais que suficiente. Ele é mais forte, menos doce e menos calórico que o Nescau Light. Como eu andava meio enjoada de iogurte light no café da manhã, achei ótema a substituição. Tem no Nacional e no Zaffari.

Flocos de arroz

Essa dica do floco de arroz aprendi com a última nutricionista que fui. A marca é Beija-Flor, o pacote com 10 tabletes custa uns 2 reais e no Zaffari ele fica escondido na preteleira de baixo, deixando o calórico e caro tablete japonês bem na frente dos nossos olhos. Mas a melhor notícia é que 2 tabletes de flocos de arroz somam só 1 ponto. Sem contar que é superdoce.

 

 

Cereal Crunch

Eu amo cereal em saquinho pequeno. Andei uma fase Leite Moça, mas no Nacional (no Zaffari não tem) encontrei o saquinho do Crunch. É muito bom, tem gostinho de chocolate mesmo e dois pontos bem honestos. Bom para lanchinho da tarde e para curar abstinência de chocolate.

Não tem desculpa…

… para não levar um lanche light de casa. A pior coisa que existe é no meio dia sair do trabalho para fazer um lanche e só encontrar salgados mega gordurosos e pão de queijo. Não adianta, o mundo não está de dieta e o que vende é gordo, salgado ou muito doce. Para não sofrer com o encontro furtivo com o pão de queijo, minha dica é ter uma lancheira. Há muito tempo eu tinha uma lancheira de plástico do Patolino, de criança mesmo. Mas hoje tenho uma da Laurina, marca craft de Porto Alegre que adoro. Ela é térmica, depois de usada pode ser fechada (foto do meio), custa 39 reais e está à venda na loja virtual http://laurina.tanlup.com.

Parece casca de árvore, mas é doce e tira a fome

Minha última descoberta é uma bolacha de fibras cujo pacote tem só 1 ponto. Ela foi indicada pela nutricionista de duas colegas de trabalho e a cada dia ganha mais adeptas aqui na agência. A bolacha parece casca de árvore, mas é doce e tem gostinho de canela com açúcar. O segredo do 1 ponto por pacote de 100g é que ela 112 cal, 1g de gordura total e 19g de fibras. Ontem comi meio pacote de manhã e o restante à tarde e não tive fome, deixando de gastar 6 pontos dos meus 22 diários. Outro detalhe: ela é dura, ou seja, tem que mastigar bastante. Já estava esquecendo dos sabores salgados: orégano, cebola, alho e pimenta. Quem faz essa maravilha é a Vitalcake, mas como é uma empresa pequena só entrega em Porto Alegre. Os contatos estão no site www.vitalcake.com.br e abaixo está a foto da “bolacha de casca de árvore”. Só para ter uma ideia, vou organizar os pedidos do mulherio da agência e daqui a pouco encomendar 56 PACOTES!