Ritmo lento, mas no caminho certo

Ontem fechou uma semana de pessoa bem comportada e fui encarar a balança. Melhorei a postura e ela me deu 2 cm a mais, o que achei lindo. Mas só apresentou 400 gramas a menos, o que não achei muito bonito. Esperava 1 quilo a menos, mas tudo bem, o importante é ter diminuído. Pensando que agora a proposta é diferente: comer menos e melhor, mas sem contar pontos e sem stress, foi um bom resultado. Na semana passada andei pouco de bicicleta, só meus passeios diários até o super, que fica a 5 ou 6 quadras de casa e fiz meu querido pilates. Mas nessa semana comecei a mil, andando de bike pelo parque. Só não fui hoje de manhã porque estava chovendo. Mas agora abriu um sol e se continuar seco no final da tarde dou minha volta no parque.

bike

Resolvi não contar pontos para não correr o risco de enjoar e parar de contar, como já aconteceu várias vezes. Comer melhor e em menos quantidade é a ordem. De tudo um pouco e com muito tererê, assim eu vou.

Tererê é meu amigo e nada me faltará

Faz uma semana que conheci o tererê através da minha enteada. Ela estava de férias aqui em casa e chegou na cidade procurando por erva para tererê, o que não foi fácil. Apesar de ser gaúcha, não tomo chimarrão. Já tentei, mas me queimei e não curti o sabor. O tererê usa erva-mate, mas é diferente. Para quem não sabe, tererê é uma bebida que surgiu no Paraguai e é feita com erva-mate e água gelada. O povo tradicional toma a bebida em uma guampa (sim, você leu certo: GUAMPA). Como não gosto de chimarrão, acho que não gostaria da receita clássica, mas o tererê da enteada é bem legal.

terere-limaoVamos aos ingredientes: erva para tererê (tem gente que toma com erva de chimarrão, mas essa de tererê tem sabor de limão), suco de limão em pó light (sim, para não engordar, né!), água e gelo. Importantíssimo: precisa de uma bomba de chimarrão! Na minha cidade achei uma bem linda por menos de 5 reais.

Pegue um copo longo e coloque a bomba (ontem esqueci dessa parte e não consegui colocar a bomba depois, ou seja, fiz meleca desmontando e montando de novo). Visualize o copo dividido em 3 partes: na primeira coloque o gelo, na segunda coloque a erva e na terceira o gelo. Pronto o copo, é hora de fazer o suco de limão. Faça o suco de limão light com água gelada e despeje no copo devagarinho. A erva vai “engolindo” o suco e fazendo bolhas. Vá enchendo o copo devagar e quando as bolhas sumirem o tererê está pronto.é hora de beber. Para não ficar com a jarra de suco ao meu lado “esquentando”, eu coloco o suco em um copo térmico e levo junto com o copo de teterê. Agora mesmo estou escrevendo e bebendo tererê.

terere

De acordo com os rótulos da erva e do suco não tem calorias, ou seja, É ZEROOOOOOOO!

Além de refrescar nesse calorão, o terêrê dá uma animada e engana a fome. Costumo tomar à tarde, que é mais longa e dá mais vontade de dar uma beliscada.

Alguém que acompanha o blog também toma tererê? Se sim, conte como você faz o seu nos comentários!

Ah, descobri que tem gente que coloca um pouco de vodka no suco. Deve ficar beeeemmm legal. ;D

3 fatias de pão por 1 ponto

Lindo, né?! Ontem fui ao super comprar pão e resolvi investigar novas marcas e opções porque é sempre bom variar. Foi então que encontrei meu novo “pão amor”:

Como ele tem 4,4g de fibra e zero de gordura total, 3 fatias equivalem a 1 ponto. Como tem mais fibras, é bem mais consistente que os pães light da Nutrella, por exemplo.

Etapa das 12 semanas cumprida e 6.4 kg eliminados


Na semana passada tive um foco: não podia estacionar ou engordar porque no sábado completaria 12 semanas de Vigilantes e tinha que dar o exemplo. Assim, no Dia dos Namorados fiz uma torta de bolachinha e comi só uma minifatia e na sexta recusei um churrasco engordativo. Mas foram só estas as privações porque comi uma rapadura de leite (3 lindos e proveitosos pontos) e tomei uns bons drinks, tudo computado nos pontos flex. Conclusão: emagreci 800g e assim pude dar o tal exemplo de pessoa comprometida com a dieta. Ganhei um chaveiro do Vigilantes (que já está com a chave de casa) e falei para meus colegas sobre o engorde da semana passada, do foco para não fazer feio e do blog, que alguns já estavam lendo e se divertindo.

O que aprendi nessas 12 semanas:

– Fazer parte do Vigilantes do Peso é uma verdadeira terapia pra mim. Além dos temas da semana, adoro a turma de sábado, a gente sempre aprende coisas novas e dá risada falando (falando de comida, é claro!). O grupo é muito importante e uma vez larguei o programa porque não gostava da turma, não me sentia à vontade.

– A gente se mexe, caminha, senta, levanta, muito melhor com alguns quilos a menos. Se eu, que só estava com sobrepeso sinto isso, imagina que é obeso. A diferença deve ser grande.

– As bochechas somem e os óculos ficam grandes. Tenho um óculos nerd lindo que está grande no meu rosto. Por mais que eu diga para meu namorado que é chique usar óculos grandes, ele diz que pareço uma coruja.

– Posso cortar meu cabelo mais curto, coisa que não fazia mais porque quando comecei o Vigilantes estava com cara de Trakinas.

– Aprendi o que me sacia e o que só me dá mais fome. Assim posso escolher o que comer sem passar fome. Mas às vezes me engano e fico furiosa por ter desperdiçado pontos (sushi, essa foi pra ti).

– Kit Kat, assim como Paul McCartney (desculpa aos fãs, mas me emociono mais com Luan Santana), não faz diferença na minha vida. Vi no Facebook que algumas pessoas fizeram estoque de Kit Kat, que chegou ontem à Porto Alegre. O chocolate é bom, mas aquela bolachinha no meio deve esconder um monte de pontos. Prefiro a rapadura de leite.

– Já contava pontos dos outros em buffets e agora conto todos os doces da pessoa que está na minha frente na fila do supermercado, principalmente os gordinhos que vão para o caixa abraçados em salgadinhos e chocolates. Não faço por mal, é uma espécie de exercício de convencimento (de que aquilo não me pertence). Algo me diz que daqui algum tempo estarei conversando sobre os Vigilantes com os gordinhos que encontro no Zaffari.

Agora que já passei da fase inicial, estou até pensando em fazer exercícios. A sorte é que a academia do edifício onde moro deve ficar pronta nos próximos dias. Além disso, estou combinando com umas amigas saradas um “Projeto Biquíni na Areia”, mas vou propor um nome melhor, mais mágico: “Projeto Biquíni Dourado – Brilhando na Areia”. Elas vão fazer dieta (não sei pra quê, mas dizem que precisam perder 3 quilos) e vamos nos exercitar. Vai ser engraçado porque eu sou a mais fora de forma e preguiçosa que existe, uma espécie de Garfield. Já vou me preparar para as dores musculares…

 

Homens e pães

Sabe aquele homem que não é bonito, mas quando você conhece melhor começa a achar bonito. Você acha ele tão inteligente e simpático, que o fato de ser meio sem graça fisicamente nem importa mais. Assim é o pão de farinha de semente de uva, mais conhecido na reunião que frequento como “pão de uva”. Ele é meio seco, meio sem graça, mas só pelo fato de ter uma fatia grande e de contar só 1 ponto por 2 fatias, deixa o pão mais lindo do mundo. Mas existe também aquele homem lindo, gostoso e burrinho, como o pão francês. Ele é gostoso, mas não sacia e tem tantos pontos que acaba não valendo a pena. Prefiro o meu querido pão de uva, mas não nego que às vezes belisco um pão francês. Mas só belisco.

Nem tudo são flores no mundo das alfaces

Na última semana usei só 5 pontos extras, fui caminhando para o trabalho todos os dias (15min de ida e mais 15 de volta), mas acho que errei na contagem dos pontos do doce de leite light. O resultado foram só 200g a menos. Outro fator que “ajudou” foi estar no período menstrual. Eu não costumo inchar muito e não tenho cólicas. Mas na semana passada tive bastantes cólicas e, como já estou mais magra, devo ter inchado, mas não senti nada significativo. De qualquer forma, no sábado fui ao supermercado e não comprei o doce de leite light. Mas força na peruca, que a semana está só começando!