#projetosaude

Acredito que devemos ser honestas com nossos propósitos. Este blog, por exemplo, é bem honesto, o que gera algumas polêmicas, como o assunto deste post. Chega dezembro, as pessoas se dão conta de que não entram nas roupas do verão passado, resolvem mudar os hábitos alimentares e se atiram na atividade física. Não há nada de errado com isso, muito pelo contrário, acho ótima essa mudança. Eu mesma estou aqui correndo atrás do prejuízo. A questão é que muitas dessas pessoas dizem que estão mudando os hábitos buscando saúde e enchem a sua timeline de fotos de pratos de salada e de espelhos de academia com a hashtag #projetosaude. Seria mais honesto se colocassem #projetolindanoverao #projetosarada #projetogostosanapraia. Levantam a bandeira da saúde porque é politicamente correto. Querer ficar magra para ficar mais bonita, gostosa e chamar a atenção não é visto com bons olhos, mas é o que no fundo todo mundo quer. Se realmente a saúde estivesse em primeiro lugar, esses “projetos” começariam em outra época do ano, e não quando todo mundo vai à praia. Sorry, mas faz dias que quero dizer isso.

Anúncios

Propaganda enganosa

Já falei que não acredito em milagres e acho anti-ético as revistas publicarem dietas loucas, como está na capa da Viva.

Olhem o que diz no quadradinho amarelo.

O texto e as fotos levam qualquer pessoa ignorante a comprar a revista para saber como “desinchar” 22 quilos comendo maçã. Primeiro, ninguém desincha 22 quilos. Segundo, e mesmo se desinchasse, não seria tomando chá de maçã. Mas o pior está por vir. Leia a matéria:

Esqueceram que colocar na capa que Patrícia emagreceu 22 quilos tomando moderador de apetite. Que feio omitir uma informação tão importante, Editora Abril.