Firme e forte. E sem sofrer

Minha proposta é comer de tudo um pouco, diminuir os doces e as gorduras (fritura caiu fora), mas nada radical. No final de semana comi pudim e minha sogra queria que eu levasse para casa um potinho. Agradeci e disse que não levava demônios para dentro de casa. Levei salada de frutas, que é mais light e eu gosto também. Ontem almocei num buffet perto de casa e comi sagu com creminho de sobremesa. Hoje almocei no mesmo lugar e escolhi melancia e abacaxi. São pequenas trocas que não trazem sofrimento e são resultado. Amo Coca Zero, deve ter algo nela que vicia, mas também diminui. E sigo firme no tererê, que me distrai a tarde toda enquanto trabalho. Descobri até uma erva nova, com hortelã, que é um espetáculo.

Quanto aos exercícios, estou bem comportada, nem me reconheço. Pela manhã ou caminho 1h20 ou ando de bicicleta 50 minutos. Terças e quintas tenho uma hora de pilates e às vezes mato a caminhada ou a bicicleta (não sou de ferro, né!) nesses dias. Descobri a tal da endorfina e que ela chega logo depois do primeiro pico de cansaço. Sabe aquela hora que dá vontade de encerrar com o exercício? Pra mim é só esperar mais 10 minutos e vem a tal endorfina me deixar mais animada. Antes caminhava 50 minutos, mas nesse treino de resistir ao primeiro cansaço, cheguei a uma hora e vinte minutos. Tenho uma preguiça do cão em fazer faxina, mas daí penso que posso acabar com uns gordinhos e me dedico à limpeza da casa. Também faço todas as voltas, como comprar linha, ir no super, essas coisas, de bicicleta. 

E o peso? Está indo embora sem dar tchau. Na primeira semana só foram 400g, uma tristeza. Mas na segunda foram 800g e hoje me pesei com menos 600g. Um quilo e oitocentos gramas em 3 semanas. Seiscentos gramas por semana. Acho que tô indo bem. Pra ficar melhor só se o calor derretesse gordura também. 

Anúncios

Chegou a hora de adormecer a gordinha de novo

Meu marido diz que o maloqueiro (aqui no sul é uma forma de como se chama o cara galinha) que existe dentro dele não morreu, adormeceu. Comigo é a gordinha. Ela dormiu por um tempo, depois de muito esforço, mas ultimamente andava muito animada. Como diz minha enteada, depois das nossas férias de Porto de Galinhas, em fevereiro de 2013, tudo desandou. Tive muitas mudanças em 2013 e a principal foi a de cidade. Desde abril moro em São Sebastião do Caí, terra da bergamota, mas também da comida boa, barata e engordativa. Uma à la minuta de frango bem servida custa R$ 7,90 e tudo tem bastante gordura. Me adaptei bem rápido à cidade e ao cardápio rechonchudo. E isso me custou todo o peso que tinha perdido e mais um pouco. Quando entrei para o Vigilantes, em abril de 2011, pesava 73 quilos. Ontem me pesei na farmácia depois do almoço e com vontade de fazer xixi e marcou 75.800. E a tal balança ainda me deu este papelzinho impresso para eu ver que feia estava a situação. Um dia antes da pesagem já tinha começado a me comportar e agora o negócio é sério mesmo. Ou vou explodir.

peso0701

Dessa vez não vou fazer Vigilantes do Peso porque só tem reunião em Porto Alegre e nunca sei certo o dia que posso ir. Pensei em fazer o programa online do Dieta e Saúde, mas eles não responderam umas dúvidas e vi reclamações sobre dificuldade de cancelar o programa e de contato com o site. Mas descobri o Blog da Mimis, que emagreceu 33 quilos e tem dicas ótemas de como comer melhor e emagrecer. Sigo a página do blog no Facebook e a toda hora tem atualização. E só de ver aquela mulher bonita, magra e malhada, já me inspiro.

Com tudo que sei sobre substituições mais leves e com as dicas novas da Mimis, já mudei minha alimentação. Minha enteada está de férias aqui em casa e começou junto comigo. Estamos tentando colocar o marido junto, mas o gordinho é difícil de convencer. Vou tentar fazer dieta sozinha. Se não conseguir, consulto uma nutricionista.

Uma boa notícia é que desde de novembro faço Pilates, o estúdio é no meu prédio e o professor é lindo e fofo. Ou seja, não tem como matar aula, nem se estiver chovendo canivete porque é só abrir a porta do prédio e depois a do estúdio. O único problema é que um dos assuntos preferidos das aulas é comida… Mas as fofuras já estão indo para o lugar e minha postura está melhorando.

Uma das coisas boas da nova cidade é que moro no centro e posso fazer tudo de bicicleta ou a pé. Só uso carro nos finais de semana e quando preciso carregar muito peso. Melancia não cabe na cestinha da bike, né?! Nos últimos dias não estou conseguindo ir ao parque de bike porque faz muito CALOR, assim com letras maiúsculas. Às 8 da manhã o sol bomba e a temperatura já está em 27 graus. À tardinha segue o calor. Parece desculpa mas não é, o troço tá feio mesmo.

Hoje a academia do cunhado reabre com novidades e acho que vou fazer uma esteira. Mas o melhor mesmo é que vai ter aula de funk, mas não sei quando vai começar. Vou sondar também a aula de zumba que tem em outra academia. Porque puxar ferro não é comigo. Puxo só meu próprio peso no Pilates e já está bom assim.

Enfim, estou focada no emagrecimento e isso é o mais importante.

Ps.: Enquanto escrevi este post tomei um copo de limonada com adoçante.

Novidades do reino das alfaces

Andei um pouco sumida, mas sigo firme no eu processo de emagrecimento. Estou com 10 quilos e 400 gramas a menos e continuo caminhando. Andei patinando nas últimas semanas e como emagreci meio quilo na úlima pesagem, para seguir nesse ritmo sai em busca de novidades alimentícias. Olhem só os belisquetes de poucos pontos que encontrei:

Granola crocante salgada

Ando meio enjoada de barra de cereal e já notei que no meio da manhã tenho vontade de comer algo salgado, mas não achava nada além daquela bolachinha Equilibrium. Na saída da última reunião fui a uma lojinha de produtos integrais e encontrei granola crocante salgada sabor tomate com manjericão de 1 ponto. O negócio é ótemo, parece até salgadinho. E o melhor: saciou minha fome entre café da manhã e almoço. Encontrei a caixinha com 3 barras no Zaffari da Anita Garibaldi (no da Ipiranga não encontrei) por pouco mais de 3 reais. Ah, tem sabor peito de peru com requeijão, mas não achei tão boa quanto a de tomate.

Mumuzinho

Amo doce de leite, mas não posso comprar o pote, mesmo que seja light, porque a cada passada pela cozinha pego uma colher do doce. Como diz a Ana, minha orientadora de VP, não leve o demônio para dentro de casa. E não é que encontrei o demônio em doses homeopáticas de 1 ponto! Ele é o Mumuzinho, o famoso saquinho de Mu-mu que devorava quando era criança. E o melhor: no saco não vem muitos saquinhos, acho que uns 6 ou 7 (não é como na foto, lotado de mumuzinhos). Só tem no Nacional e deve ter no BIG. No Zaffari não tem.

Biscoito integral salgado

Seguindo minha busca por coisas salgadas encontrei esse biscoito integral sabor cream cheese e cebolinha. A marca é do Walmart e encontrei no Nacional. Custa uns 2 reais o pacotinho e cada 9 biscoitos (são pequenos) tem 3 pontos. A pontuação é meio alta, mas é uma boa opção para variar o cardápio de belisquetes. Ontem peguei 3 bolachinhas para provar e fechei o pacote. É bem bom, tem gosto de salgadinho, mas tem fibra, o que já é um bom negócio.

Achocolatado Gold

Usava o achocolatado Gold quando fiz minha primeira dieta séria, com nutricionista (long, long time a go) e nunca mais me lembrei dele. Outro dia a @manugripol me falou pelo Twitter que uma colher de sopa de Gold tinha 15 calorias. No meu sábado de compras encontrei o caro (no sentido $ da palavra) Gold e não me arrependo, o achocolatado é muito bom! Além disso, uma colher de sopa é mais que suficiente. Ele é mais forte, menos doce e menos calórico que o Nescau Light. Como eu andava meio enjoada de iogurte light no café da manhã, achei ótema a substituição. Tem no Nacional e no Zaffari.

Flocos de arroz

Essa dica do floco de arroz aprendi com a última nutricionista que fui. A marca é Beija-Flor, o pacote com 10 tabletes custa uns 2 reais e no Zaffari ele fica escondido na preteleira de baixo, deixando o calórico e caro tablete japonês bem na frente dos nossos olhos. Mas a melhor notícia é que 2 tabletes de flocos de arroz somam só 1 ponto. Sem contar que é superdoce.

 

 

Cereal Crunch

Eu amo cereal em saquinho pequeno. Andei uma fase Leite Moça, mas no Nacional (no Zaffari não tem) encontrei o saquinho do Crunch. É muito bom, tem gostinho de chocolate mesmo e dois pontos bem honestos. Bom para lanchinho da tarde e para curar abstinência de chocolate.

3 fatias de pão por 1 ponto

Lindo, né?! Ontem fui ao super comprar pão e resolvi investigar novas marcas e opções porque é sempre bom variar. Foi então que encontrei meu novo “pão amor”:

Como ele tem 4,4g de fibra e zero de gordura total, 3 fatias equivalem a 1 ponto. Como tem mais fibras, é bem mais consistente que os pães light da Nutrella, por exemplo.

A primeira patinada da dieta

Da última vez que fiz Vigilantes do Peso, de abril a outubro dei umas patinadas, o que significa que até emagrecer 10 quilos eu engordei ou me mantive no peso umas 4 vezes. Pois é, dei a primeira patinada na última semana e engordei 400 gramas. Pode não parecer muito, mas é sim. Na hora da “pesagem” não gostei nem um pouco, mas depois me dei conta do que fiz de errado, o que dá um certo alívio e ao mesmo tempo um puxão de orelha. Bom, vamos aos erros da semana:

– Sushi: se engana quem pensa que sushi é light. Fui a um almoço de aniversário de uma amiga em um restaurante japonês e sem sentir comi 10 pontos. O trocinho é pequeno, mas tem um ponto cada. Comi primeiro 4 peças = 4 pontos. Fiquei com fome. Comi mas 4 peças = 4 pontos. Colocaram muuuuitos bolinhos e outros negocinhos fritos espalhados na mesa. Comi um deles e mais um ganache minúsculo. Total da brincadeira = 10 pontos. Para quem come 20 pontos por dia foi bem complicado porque uma hora e meia depois estava louca de fome. Tem ainda o fator psicológico de ficar contando os pontos dos pratos das amigas. Contar os pontos alheios é um misto de conscientização (nossa, ela comeu 30 pontos no almoço!) com inveja (queria poder comer tudo isso…).

– Comida chinesa: comi yaksoba tratando-o como massa normal. Uma xícara tem 8 pontos. Nunca mais como yaksoba. Está na minha lista negra junto com Big Mac, salsichão e queijo ralado.

Mas as 400g não foram somente por causa do sushi e do yaksoba. Como estou na faixa dos 20 pontos e a semana estava muito frio, não comi quase frutas e saladas, substitui almoço por lanches, enfim, foi uma semana bem ruim. A sorte é que acabou na sexta e desde sábado estou tentando entrar mais na linha e não cair em armadilhas. Sábado comi 2 pontos flex e no domingo consegui cumprir os 20. Hoje vou almoçar uma salada de atum e para a tarde trouxe banana com creamy light. Que a santa protetora dos gordinhos (será que existe?) me acompanhe.

Fazer dieta é rebolar, rebolar, rebolar…

Apesar de andar meio sumida do blog, não descuidei da dieta. Mesmo com muitos eventos, jantas e um velório, estou indo bem. Como disse outro dia para uma colega: a gente tem que rebolar todos os dias para encaixar os pontos na rotina. E foi justamente isso, a mudança de rotina, que fez com que o velório fosse parte das reboladas na dieta para não perder o controle.

A única coisa que me faz perder a fome é a tristeza profunda. No dia em que perdi meu pai fiquei só a água, não sentia fome, só muita sede. Depois, com a insistência das pessoas, voltei a comer aos poucos. Na semana passada perdi um tio muito querido e próximo, o que fez com que perdesse a fome de novo. Como diz minha orientadora, não podemos sair da zona de conforto, ou seja, não podemos ficar muito tempo sem comer. Com o choque da notícia da morte, primeiro perdi a fome, tomei litros de água e depois, quando fui comer para não sair da zona de conforto, não encontrei opções saudáveis no cemitério e comi umas porcarias pontuadas.

Outra rebolada da dieta são eventos sem refrigerantes zero ou light. Acho uma crueldade isso. Me recuso a tomar refrigerante normal. Se é para ingerir pontos, que eles me deixem feliz, como ocorre com a espumante e a cerveja. Quando não estou muito no clima de beber, tomo água mesmo, mas acho totalmente broxante.

Por fim, mesmo rebolando, consegui fechar 5 kg em 7 semanas!

Menos 1,3 kg na primeira semana \o/

Sábado tive minha primeira “pesagem” e fiquei bem feliz porque emagreci 1,3 kg. A primeira semana é sempre mais simpática porque a gente desincha, mas pretendo emagrecer pelo menos 500g toda a semana.

Nessa primeira semana aprendi que:

– Um Big Mac tem 12 pontos, ou seja, está fora do cardápio.

– Caminhar e comer pouco melhoram o sono da gente.

– Hábitos devem ser para a vida inteira, e não para uma semana. Meu irmão disse que de noite só toma sopa de legumes. Quero só ver até quando ele aguenta.

– Trident é uma boa sobremesa.

– É importante ver a quantidade de sódio dos alimentos . Meu bife de frango preferido tem horrores de sódio e só vou comer quando tiver muuuuuita vontade.

– Restaurantes que fritam 80% dos alimentos deveriam ser fechados.

– Marcas de pão integral light tem diferença grande no número de calorias, fibras e gordura. E isso vale muito para quem cuida bem de qualquer pontinho.

– Quanto mais amarelo o queijo mais pontos ele tem. Dica do meu colega de Vigilantes que é cozinheiro.